terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Britânicos apresentam gel para disfunção erétil que promete ereção em minutos

O produto é feito de nitroglicerina, composto químico explosivo encontrado no diamante, e uma gota já seria o suficiente para obter resultados.

Médicos da University College London Hospitals apresentaram uma nova solução para combater a impotência. Trata-se de um gel que leva na fórmula um composto químico explosivo encontrado no diamante chamado nitroglicerina. Nos testes, uma gota do gel, do tamanho de uma ervilha, garantiu ereção para sete em cada dez homens com disfunção erétil.

De acordo com informações do portal britânico “The Sun”, o gel funciona até 12 vezes mais rápido do que o conhecido Viagra – que é usado por milhões de homens ao redor do mundo. O produto age librando um gás de óxido nítrico que, ao ser esfregado na pele, amplia pequenos vasos sanguíneos, aumentando o fluxo de sangue no pênis. Os testes foram feitos em 220 homens com disfunção erétil.

O estudo indica que 44% dos homens conseguiram ereções dentro de cinco minutos e 70% demoraram menos de 10 minutos. O produto ainda está em fase de teste, mas se for comprovada sua segurança, os homens podem comemorar, visto que o Viagra e outras pílulas para impotência geralmente levam de 30 minutos e uma hora para fazer efeito.

Imagem: Shutterstock

Vantagens e efeitos colaterais

O urologista David Ralph fala que as vantagens do gel são muitas, pois além de ser fácil de usar e ter rápida ação, o produto pode ser incorporado em preliminares sexuais, aumentando a intimidade do casal. O também urologista Raj Persad acrescenta que é pouco provável que o produto cause efeitos colaterais, pois é aplicado apenas no pênis, diferente das pílulas do tipo virais que caminham pelo corpo todo através da circulação sanguínea.

No geral, um em cada quatro homens apresentou uma melhoria clinicamente significativa. Os efeitos colaterais foram leves, um em cada 13 participantes do teste tiveram fortes dores de cabeça, mas os médicos garantem que ajustes na fórmula podem produzir resultados melhores. Vale ressaltar que o principal composto do medicamento, a nitroglicerina, já é usado em outros tipos de medicamento.


Baixo custo

Os pesquisadores agora planejam novos testes e dizem que o gel pode estar disponível para consumo no próximo ano. O valor é outro atrativo para quem sofre de disfunção erétil, com cerca de uma libra (aproximadamente R$ 4,38) por dia, é possível garantir suprimento para um ano.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Como funciona o promissor gel contraceptivo masculino?

Gel contraceptivo masculino
© Janine Lamontagne / iStock
O primeiro método contraceptivo masculino pode estar mais perto de se tornar realidade. Pesquisadores do Population Council, em colaboração com o Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano (NICHD), estão desenvolvendo um gel de uso tópico capaz de reduzir a produção de espermatozoides com pouquíssimos efeitos colaterais.

Não é a primeira vez que tentam projetar para os homens um método hormonal que impeça a gravidez, como a pílula anticoncepcional usada pelas mulheres, mas os testes anteriores apontaram muitos efeitos colaterais, como diminuição da libido masculina, acne, ganho de peso e alterações nas taxas de colesterol

Atualmente, os homens contam somente com o preservativo ou a vasectomia como método contraceptivo.


Gel masculino que impede a gravidez

Como funciona?

Fecundação
© ugurhan/istock
Feito exclusivamente para uso masculino, o gel atua liberando dois hormônios: progesterona e testosterona. Conforme noticiou a publicação científica americana MIT Technology Review, a progesterona faz com que a testosterona, necessária para a produção de espermatozoide, seja secretada a níveis abaixo do que o normal, reduzindo as chances de fecundação.

Já a reposição de testosterona serve para minimizar os possíveis efeitos adversos, como queda na libido, mudanças de humor, entre outras.

O gel deve ser aplicado diariamente pelos homens nos braços e nos ombros. O medicamento, que seca em um minuto, é absorvido pela pele e irá alterar as taxas hormonais por cerca de 72 horas, mas, mesmo assim, os cientistas sugerem que os pacientes não “pulem” os dias de uso para que as taxas de testosterona não sofram flutuações.
Testes

Na primeira fase dos testes, feita com dois géis diferentes aplicados em diferentes partes do corpo, os resultados foram positivos. O desafio dos pesquisadores é obter a mesma eficácia reformulando os dois produtos em um único gel.

Agora, os pesquisadores se preparam para acompanhar casais, que começarão os testes usando dois métodos anticoncepcionais combinados. As mulheres usarão pílula - ou outro método - e os homens usarão o gel por quatro meses.

Ao todo, irão participar dos testes mais de 400 casais dos Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Suécia, Chile e Quênia.

Durante este período, serão monitorados os níveis de produção de espermatozoides nos homens. Quando este número for inferior a um milhão por mililitro, o necessário para se evitar a gravidez, os casais passarão a usar somente o gel como ferramenta contra a natalidade por um ano, pelo menos, para observar sua eficácia.

Quando chegará ao mercado?

A comercialização desse medicamento, entretanto, ainda não tem data certa. Segundo os pesquisadores, os ensaios clínicos serão iniciados em abril de 2018 e devem durar por, aproximadamente, quatro anos.

Se aprovado pelas autoridades reguladoras, o Nestorone®/Testosterone, nome comercial do medicamento, poderá ser o primeiro contraceptivo já produzido para os homens.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

10 fatos fascinantes sobre os pênis


1. Você pode obter uma ereção ainda no útero

Uma vez que os genitais começam a se desenvolver enquanto o bebê ainda está no útero, é possível que o feto obtenha uma ereção com apenas 10 semanas de idade.


2. Existem três tipos diferentes de ereção

Se você começar a ver algo sexy ou começar a pensar sobre suas fantasias mais loucas, você terá uma ereção psicogênica.

Mas se você tiver ereção enquanto dorme é apelidada de ereção noturna.

O último tipo é a ereção reflexogênica que é o que acontece quando ocorre contato físico.


3. Os homens têm ereções múltiplas por dia

O homem comum tem 11 ereções ao longo do dia - e três a cinco enquanto dorme.


4. Você pode ter uma ereção após a morte

Este fenômeno na verdade é apenas um truque de gravidade.

Se um homem morrer em uma posição vertical, a gravidade fará com que o sangue se acumule nas pernas, mas como elas se encherão, serão empurrados para o pênis, proporcionando uma ereção pós-mortem.


5. O tamanho médio do pênis

Os pênis vêm em todas as formas e tamanhos e realmente não existe tal coisa como "normal", mas sim o tamanho médio de acordo com a ciência.

O comprimento médio do pênis ereto é de aproximadamente 13,2 cm de comprimento e 11,7 cm na circunferência.

Em temperaturas normais, um pênis em repouso geralmente mede 9,1 cm em comprimento e 9,3 cm na circunferência.

A maioria dos homens cai no intervalo normal, no entanto, alguns homens sofrem de uma condição chamada micropênis. Isso é definido como tendo 6,35 cm ou menos quando totalmente ereto.


6. Pênis respondem a certos aromas

Odores diferentes podem fazer com que o pênis fique "atento".

Um estudo descobriu que o perfume de alcaçuz preto e rosquinhas aumentou o fluxo sanguíneo para o pênis em 32%, enquanto as rosquinhas misturadas com torta de abóbora aumentaram o fluxo sanguíneo em 20%.

Mas o maior aumento foi obtido com o combo de lavanda e torta de abóbora que aumentou o fluxo sanguíneo do pênis em 40%.


7. Existem ereções sem fim

O priapismo é uma desordem em que os homens tem ereções consistentes e dolorosas.

O priapismo é uma emergência médica, o que significa que você deve correr para o hospital se isso acontecer, porque se não for tratado dentro de 24 horas, você pode prejudicar sua ereção para toda a vida.

Uma ereção prolongada pode danificar permanentemente os tecidos do pênis, dificultando ereções no futuro.


8. O pênis não possui osso

A maioria dos mamíferos tem um baculum (osso do pênis), mas os humanos não. Curiosamente, outros primatas, como gorilas e chimpanzés, têm um.


9. Seu pênis tem a forma de um boomerang

Essa descoberta chocante foi feita pesquisadora francesa que estudou casais que fazem sexo em uma máquina de ressonância magnética.

Acontece que o pênis é em forma de boomerang, mas você nunca saberia porque a "raiz" está escondida pela pélvis.


10. O pênis flácido pode ser classificado como "que cresce" ou "exibido"

De acordo com um estudo, os pênis que são menores quando flácidos ("que cresce") realmente ficam mais longos quando eretos, em comparação com os pênis flácidos maiores ("exibido").